Vereadores aprovam recursos à Defesa Civil para manutenção das áreas de risco em Jaraguá do Sul.

Atualizado: Mai 21

Os vereadores aprovaram na Sessão da última terça-feira um projeto que autoriza a Prefeitura de Jaraguá do Sul destinar recursos de R$ 1.246.680,85 à Defesa Civil para preservação e manutenção de áreas de risco no município.


Em abril, o parlamentar Luís Fernando Almeida (MDB) havia apresentado uma indicação para que seja realizado estudos para desinterdição dos imóveis que estão definidos como “áreas de risco”. Segundo ele, o intuito é viabilizar de forma social todo o trabalho geológico e estrutural tanto do solo quanto do próprio imóvel, tendo em visto que vários locais não apresentaram problemas desde as interdições.


Na sessão de terça-feira (19), o vereador subiu à Tribuna e voltou a comentar sobre o tema devido a importância do projeto para as diversas famílias que moram nessas regiões. “Muitas dessas áreas acabaram tendo o seu grau de risco potencializado por excesso de cautela.





Na sessão de terça (19), o vereador subiu à Tribuna e voltou a comentar sobre o tema devido a importância do projeto para as diversas famílias que moram nessas regiões. “Muitas dessas áreas acabaram tendo o seu grau de risco potencializado por excesso de cautela. Com a aprovação desta matéria, muitas famílias serão desafetadas com os problemas que vem enfrentando há anos”, salientou.


Almeida relembrou sobre o Plano Municipal de Redução de Riscos (PMRR) realizado em 2018 quando era Diretor de Habitação. Segundo ele, o estudo mostrou que houve uma redução no número de áreas consideradas de alto risco para ocupação.


“Nós tivemos mais de quatro mil imóveis desafetados na época. Consequentemente a economia poderá girar”, frisou o parlamentar sobre a possibilidade de as famílias regularizarem e reformarem os imóveis com a mudança de classificação de risco desses terrenos.


O vereador destacou ainda, que o trabalho, embora, almeja desinterditar as áreas, deverá ser responsável por tratar da segurança de milhares de famílias





2 visualizações0 comentário